Será que a Maldição de Tutankhamon existe mesmo?

Como todos sabem , em Novembro de 1922 os arqueólogos Howard Carter e Lord Carnarvon entraram pela primeira no túmulo do Faraó  Tutankhamon, que se encontrava morto há mais de 3.300 anos. Lá dentro continha muito ouro, nomeadamente, todos os seus pertences e até ele próprio estava coberto de jóias. Mas reza a lenda que quem perturbasse o sono eterno do Faraó iria sofrer conforme diz a maldição.

 O que vou contar a seguir pode parecer uma história tirada de um filme de terror mas na realidade aconteceu mesmo. Após desdobrirem o túmulo de Tutankhamon, , quando saíram do túmulo abateu-se sobre eles uma enorme tempestade de areia como que isso fosse um sinal para o que viria a seguir. 

Passados 5 meses da expedição, Lord Carnarvon era agora um homem de 57 anos. NUm dia, foi picado no rosto por um mosquito. Conforme os dias iam passando,  ele ia ficando cada vez pior. Apanhou uma septicemia (infecção generalizada) e para piorar ainda mais a sua situação apanhou uma pneumonia. Morreu no hotel do Cairo, local onde se encontrava, e na mesma hora que ele morreu todas as luzes da cidade se apagaram como que por magia.

Nos meses que se seguiram, isto já no ano de 1923, outras pessoas que também faziam parte da expedição de Lord Carnarvon e que também elas entraram no túmulo, também essas pessoas morreram de forma estranha. Um dos investigadores da expedição , George Jay  Gould, morreu de pneumonia, onde apanhou a doença quando entrou no túmulo. Richard Berthell que catalugou  os tesouros encontrados ali, pôs fim á sua vida, suicidando-se aos 49 anos.  Já em 1930, Lord Westbury , onde no seu quarto tinha um vaso, um dos tesouros encontrados no túmulo, também ele morreu atirando-se do seu prédio em Londres.

Até ao ano de 1939, altura em que Howard Carter morreu de causas naturais, mais um quantidade de pessoas relacionadas com a expedição também elas morreram de forma estranha, sendo que morriam com doenças para o qual os médicos não tinham cura e nada podiam fazer ou então morriam de acidente. Há quem diga que no caso das mortes derivado a doenças, isso poderia ser devido á existência de um fungo proveniente do interior do túmulo. Bem como outra das teorias é que os egípcios antes de fechar o túmulo de Tutankhamon, contaminaram-na com venenos que só eles conheciam. 

Pelo que se conhece a última vítima da Maldição de Tutankhamon foi o director de antiguidades, Mohammed Ibraham. Pela data de 1966, Mohammed  Ibraham autorizou que as peças encontradas no túmulo de Tutankhamon fossem transferidas para uma exposição que se encontrava em Paris. Depois de ter dado aquela ordem, foi o seu último suspiro, porque mal saiu, foi atropelado e morreu algumas horas depois no hospital.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s