Túmulo de Guerreiro Egípcio

Uma equipa de investigadores  dirigida por José Manuel Galán , recentemente descobriu na orla oeste de Luxor, o túmulo de um Guerreiro Egípcio com 4.000 anos. O Caixão exterior contém o nome do seu ocupante, Iquer. Ao verem o seu interior descobriram que continha um corpo mumificado de um guerreiro, um pouco pelo facto de conter três bastões largos e  grandes arcos.

NA cabeceira do caixão foi encontrado uma vasilha de cerâmica e cinco flechas cravadas no solo , e era notório que em quase todas se conservam as plumas no seu extremo. Em cada lado do caixão foi encontrada uma faixa que tinham hieróglifos pintados em cores vivas, nomeadamente algumas dos hieróglifos eram serpentes.

Segundo José Manuel Galán, é um descobrimento único porque segundo eles, o túmulo está intacto , sem sinais de que tenha sido alguma vez saqueado. Pensa-se ser de uma época pouco conhecida na história do Egipto, nomeadamente os historiadores pensam pertencer a um guerreiro da Dinastia XI (2133 – 1991 a.C) , que foi a primeira dinastia do Egipto.


EGIPTO EM GUERRA

Foi um dos períodos mais marcantes na história do Egipto, devido a uma cruel guerra civil entre o Baixo e o Alto Egipto. E foi daí que começou a haver uma reinificação política do país do Nilo. O mais certo é que o Guerreiro cujo túmulo encontraram terá eventualmente participado nessa Guerra e nessas lutas. Para José Manuel Galán, Iquer viveu numa sociedade refinada e impiedosa, que era cheia de conflitos e de guerras.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s