A Ordem dos Cavaleiros Templários – Os Cavaleiros de Deus


Nos dias de hoje, toda a gente conheçe os Cavaleiros Templários, uma das sociedades secretas mais conhecidas do mundo. Eles passaram por inúmeros países  e em todos eles foram deixando a sua marca ao longo da história. Vamos então embarcar em mais uma viagem pelo mundo da história e ver como eles apareceram e o que deixaram de vestigíos no nosso mundo.

 

COMO APARECERAM?

A Ordem dos Cavaleiros Templários foi criada em 1118, em Jerusalém, inicialmente por cavaleiros franceses e com o passar do tempo, é que se tornou pela forma pela qual é conhecida nos dias que correm, uma instituição de enorme poder político e militar. Inicialmente as suas principais funções eram apenas andar pelos territórios cristãos que foram conquistados. durante o tempo seguinte eram benefeciados com doações de Terra na Europa, isto com o objectivo de criar ligações em todos os países do mundo.

Jerusalém foi tomada pela primeira cruzada, foi criado um reino , onde 9 cavaleiros pediram para ficar lá  para assim poder proteger os peregrinos que iam para lá. Eles cederam e deixaram-nos ficar lá a viver nos estábulos onde era o antigo Templo de Salomão. Tiveram que fazer um voto de castidade, onde desde então o seu símbolo passou a ser um cavalo montado por dois cavaleiros. O Nome da ordem, Os Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão ou então Cavaleiros Templários, surgiu devido ao seu voto de pobreza e fé em Cristo. 

Reza a lenda que os primeiros 9 anos de existência dos cavaleiros Templários, eles tinham o objectivo de fazer escavações na sua principal sede. E foi durante estas tão faladas escavações que descobriram documentos e alguns tesouros que fizeram com que eles ficassem muitos ricos e poderosos. De todo o seu reino, o local mais sagrado e purificado era o Templo de Salomão. Para evitarem que alguém lhes roubasse a sua riqueza, eles enterraram o seu tesouro. Uma das coisas mais faladas era o Santo Graal. Em relação a isto, há inúmeras teorias. Uma delas é a que o Santo Graal estaria escondido numa igreja católica em Avalon, actual Glastonbury. Mas a teoria mais certa é que quem tinha ficado com a tutela do Santo Graal foram os Cavaleiros Templários.

Eles ao longo da história empenharam-se para defender sempre os cristianismo, e como tinham uma conduta muito correcta, os lugares que guardavam eram sempre muito seguros e todos os lugares protegidos pelos Cavaleiros Templários eram considerados um oásis, uma maravilha do mundo, o lugar perfeito. Com o passar do tempo e com a confiança que foram transmitindo ás pessoas, grande parte dos seus estabelecimentos tornaram-se Bancos, onde as pessoas mais poderosas recorriam a eles. A partir de essa altura,  criou-se a lenda de que uma gigantesca fortuna dos Cavaleiros Templários. Eles eram conhecidos como sendo cavaleiros muito valentes, corajosos, sempre prontos a defender os seus ideais e todos os seus bens. O Rei Filipe de França, decidiu apoderar-se dos seus bens devido a ter falta de dinheiro no seu reino. Ao longo dos tempos, foram acusados de heresia perante a inquisição, e devido a isso, retiram-se para vários sítios, nomeadamente, Escócia, Inglaterra e Portugal, juntando-se assim a Maçonaria. 

Hoje em dia, estão espalhados por todo o mundo, com o objectivo de viver em prol do bem estar e do moral, , ajudando orfanatos, crianças desaparadas, etc. Não fazem distinção de raça, seja qual for a sua nacionalidade.Respeitam sempre a lei e as tradições de cada país onde exercem todas as suas actividades.

Anúncios

2 thoughts on “A Ordem dos Cavaleiros Templários – Os Cavaleiros de Deus

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s