Saqqara, Sacara ou Sacará

O Egipto é um lugar mítico no mundo ,  e deste mundo conhecemos Saqqara, uma antiga necrópole do Antigo Egipto. Vamos ver então todos os segredos escondidos deste lugar.

 

È um dos sítios arqueológicos do Egipto, que outrora foi uma necrópole da antiga cidade de Mênfis. Situa-se a 30 km a sul da Cidade do Cairo. 

SAQQARA GEOGRAFICAMENTE

Tem uma área com mais de 6 quilómetros de comprimento, e tem quilómetro e meio de largura.No local encontram-se estruturas funerárias de um período por volta de 3000 a.C. até 950 d.C.

 

O nome deriva de Sokar,  um antigo deus da mitologia egípcia. Era considerado como protector da necrópole que com a ajuda do deus Ptah e o deus nefertum, formava um grupo que tinha o objectivo de proteger a necrópole de todos os males. Também há quen relacione este nome com o de uma tribo que viveu ali no passado, de nome Beni Sokar.

TÙMULOS DA ÉPOCA TINITA

Na região norte de Saqqara, foram descobertos a partir dos anos trinta do séc.XX. Este conjunto de túmulos tinham grandes dimensões, e eram datados da Época Arcaica ou Tinita. Todas estas descobertas geraram uma grande perplexidade, porque foram dados como que túmulos reais. Na altura pensou-se que estes túmulos seriam os verdadeiros túmulos reais  da I Dinastia. Actualmente, estes túmulos são considerados como sendo de altos funerários da época. Foram feitos em Adobe, porque tinham uma fachada de um palácio real. 

COMPLEXO FUNERÁRIO DE DJOSER

Saqqara tem um complexo funerário de Djoser, uma pirâmide em degraus. O Arquitecto do rei Imhotep, levantou uma mastaba quadrangular, onde em 1º lugar , três andares e depois mais tarde,  juntaram mais 2 degraus. 

A Mastaba tinha um poço funerário habitual, cavado no centro. A toda á sua volta, contèm vários aposentos funerários,  predestinados a familiares de reis. Continha um pátio ao ar livre,  onde se fazia a festa Sed, onde se renovava a força vital do soberano graças a  vários rituais. Mais a norte do pátio, estão duas torres, onde cada uma dela tinham simbologias diferentes. Uma delas representrava o Alto Egipto e a outra representava o Baixo Egipto. Em toda a sua volta, tem uma muralha de 10 metros de altura com 14 portas, onde só uma delas é verdadeira.

COMPLEXO FUNERÁRIO DE SEKHEMKHET

Em Saqqara, também existe  o complexo funerário de Sekhemkhet, que fora o sucessor de Djoser. Situa-se a sudoeste do complexo de Djoser,  mas este não chegou a ser acabado devido ao facto de o rei ter morrido de forma prematura.  Era composto por uma pirâmide, com 7 degraus com uma muralha a toda a volta. Debaixo de uma câmara funerária com um sarcófago sem corpo.

MOSTEIRO DE APA JEREMIAS

No final de séc.V d.C.,  foi costruído um mosteiro em Saqqara, de nome Apa (Pai) Jeremias. À medida que  a comunidade crescia ao longo do tempo, construíndo igrejas e capelas, usando somente materiais que se encontravam na zona. Por volta do séc. IX deixou de funcionar.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s